FOLCLORE BRASILEIRO

Folclore brasileiro


Em 1965, o então presidente da República, marechal Castello Branco, por meio do decreto 56.747, oficializou o dia 22 de agosto como o Dia do Folclore, numa justa homenagem à cultura popular brasileira.

Folclore é o conjunto de todas as tradições, lendas e crenças de um País. O folclore pode ser percebido na alimentação, linguagem, artesanato, religiosidade e vestimentas de uma nação.

Segundo a Carta do Folclore Brasileiro, aprovada pelo I Congresso Brasileiro de Folclore em 1951, "constituem fato folclórico as maneiras de pensar, sentir e agir de um povo, preservadas pela tradição popular, ou pela imitação".

Para que serve?
O folclore é o modo que um povo tem para compreender o mundo em que vive. Conhecendo o folclore de um País, podemos compreender o seu povo. E assim conhecemos, ao mesmo tempo, parte de sua História. Mas para que um certo costume seja realmente considerado folclore, dizem os estudiosos que é preciso que este seja praticado por um grande número de pessoas e que também tenha origem anônima.

O principal folclorista
Luís da Câmara Cascudo, Nascido 1898, era diferente dos garotos de sua idade. Ele lia livros, ouvia histórias e contemplava paisagens. Esse hábito acabou lhe despertando para o que veio a ser a matéria-prima de seu trabalho, o povo brasileiro.

Seu plano era conhecer a fundo o que era realmente nosso, coisa que não estava registrada nos livros e não era ensinada nas escolas. Queria saber as histórias de todas as coisas do campo e da cidade; queria conviver com os humildes, os sábios, os analfabetos; queria conhecer os mistérios, as assombrações. Encontrava no folclore um pouco de sua família e de todos com quem convivia, os pescadores, as rendeiras, os cantadores.

Câmara Cascudo lançou o mais importante obra relacionada ao folclore brasileiro, O Dicionário do Folclore Brasileiro, um livro publicado originalmente em 1954, com sucessivas edições, desde então.

A importância de Câmara Cascudo para o folclore brasileiro
Câmara Cascudo foi o principal responsável por tornar conhecidas figuras fantásticas do folclore brasileiro. Saci-pererê, curupira, mula-sem-cabeça e outros personagens do nosso folclore. Conforme ouvimos as histórias, parece que esses seres ganham vida na nossa imaginação.

Qual a origem da palavra "folclore"?
A palavra surgiu a partir de dois vocábulos saxônicos antigos. "Folk", em inglês, significa "povo". E "lore", conhecimento.

Assim, folk + lore (folklore) quer dizer "conhecimento popular". O termo foi criado por William John Thoms (1803-1885), um pesquisador da cultura européia que em 22 de agosto de 1846 publicou um artigo intitulado "Folk-lore". No Brasil, após a reforma ortográfica de 1934, que eliminou a letra k, a palavra perdeu também o hífen e tornou-se "folclore".

Qual a origem do folclore brasileiro?
O folclore brasileiro, um dos mais ricos do mundo, originou-se ao longo dos anos principalmente por índios, brancos e negros.

As lendas do folclore brasileiro são verdadeiras?
Os personagens do folclore brasileiros são inúmeros, influenciados diretamente pela miscigenação na origem do povo brasileiro.

Devemos levar em conta que as lendas do folclore, não significa uma mentira, nem tão pouco uma verdade absoluta, o que devemos considerar é que uma história para ser defendida, e a cultura do nosso povo, e a cultura brasileira.

Fato é, por ter sobrevivido na memória das pessoas por tanto tempo, ela deve ter no mínimo uma parcela de fatos verídicos.
Saiba mais, acesse:
FOLCLORE
LENDAS BRASILEIRAS
MITOS BRASILEIROS
LUÍS DA CÂMARA CASCUDO

Folclore brasileiro - OpenBrasil.org

Postagens mais visitadas

Lenda do Uirapuru